A massagem 

****fotos no fim do post****

Ontem a noite Helena me surpreendeu de uma maneira muito diferente.

Logo após o jantar Helena e eu sentamos no sofá para assistir um pouco de Netflix. Assistimos alguns episódios da série, e durante o dia avisei que estava louco de tesão que estava ficando de pau duro a todo instante. 

Era por volta das 22 horas, Helena se levanta do sofá inesperadamente achei que seria uma saída normal do sofá. Mais quando ela voltou me surpreendeu totalmente. Com uma calcinha calesson toda de renda preta, uma blusinha azul marinho de alcinhas com um decote bem fundo e um colar de pérolas. 

Chegou desligando a TV e abaixando na minha frente acariciando meu pau com as duas mãos deixando que eu sentisse que ela estava no poder. Apertava meu pau e ele parecia que ia explodir com as veias saltadas. Não demorou pra que viesse com seus maravilhosos lábios me chupando usando aquela língua como se fosse a última vez que ia me chupar.

Pegou em minha mão e fomos em direção ao quarto, janelas todas abertas pois estava calor mesmo que caía uma leve chuva. Ela pegou um gel lubrificante que usamos e colocou sobre a cabeça do meu pau onde pediu pra que eu fechasse os olhos e somente sentisse o que ia acontecer. Senti Helena enrolando aquele colar de pérolas no meu brinquedo, e não demorou pra que começasse a me massagear com uma punhetinha maravilhosa.

Helena acariciava as pérolas e a sensação de sentir aquela massagem era muito excitante. Sensação diferente de uma massagem ( fica a dica ).

Massageava e chupava uau que delícia, fiquei totalmente paralisado pelo tesão que tomava conta de mim. 

Enfim Helena deixou as pérolas enrolada no meu pau e sentou de uma maneira que sentia sua bucetinha quente espremendo as pérolas entre nossos corpo. Aquilo massageava eu e ela ao mesmo tempo e ela cavalgava com força ouvia seus gemidos até que não aguentei e deitei ela na cama e fui por cima. Enfiando e tirando com toda força. Gozamos juntos e ficou na memória aquela massagem que aconselho a vocês.

Segue mais uma foto 👇

Não deixem de comentar.

Ótimo sábado pra vocês.

Anúncios

A ruiva 

Era sábado, Helena e eu passamos o dia todo trocando mensagens para saber onde íamos. Decidimos ir em um pub numa cidade vizinha. O lugar é uma delícia, poucas luzes um público bonito atendimento excelente. 

A temperatura estava super agradável, Helena decidiu ir com uma blusinha preta fininha de alcinha sem sutiã e uma calça jeans azul e um salto. Eu com calca jeans cinza bem justa e uma camiseta branca básica. 

Chegamos no pub a recepcionista já nos mostrou as mesas disponíveis. Sentamos e quem veio no atender foi uma garçonete, altura mediana 1,68 no máximo um bonito corpo e um cabelo ruivo. 

Pedimos que viesse duas caipiroska de kiwi, assim ela fez. Nos trouxe e sempre super atenciosa e sorridente. Helena e eu tomamos e batemos muito papo, diversão garantida. A todo momento a garçonete vinha em nossa mesa e perguntava se queríamos algo. Notei que Helena ficava sempre com olhos muito atentos a ruiva. Passamos um bom tempo bebendo e comendo porções deliciosas. 

Chamei a garçonete e solicitei que ela fechasse a conta. Helena estava um tanto alegre com a bebida já. E eu certamente adoro isso, enquanto fechavam nossa conta Helena me perguntou o que eu tinha achado da garçonete, disse que era uma moça muito bonita. Para minha surpresa Helena com carinha de safada me olha nos olhos e afirma que ela é linda e que achou a ruiva perfeita. Deu ênfase ao bumbum dela. 

– Pedro você viu que bumbum maravilhoso que ela tem.

Aquilo me excitou muito, certamente aquela calça agarrada ficaria com um volume generoso a quem quisesse ver. E assim foi, a ruiva veio em nossa direção trazendo a conta, quando chegou em nossa mesa e estendeu a mão para me entregar seu olhar não tomou outro rumo a não ser meu pau marcando a calça. Acho que um tanto surpresa e curiosa a ruiva puxou um pouco de assunto com a gente e ali olhava para os seios de Helena com aqueles bicos durinhos marcando a blusinha e pra minha calça marcando. Confesso que olhava super discretamente.

Assim que ela saiu de perto. Deu o dinheiro para que Helena pagasse a conta desde que ela olhasse firmemente nos olhos daquela ruiva com carinha de safada como tinha me olhado e pedisse pra que ela ficasse com o troco seguido de uma piscadinha. Sem pensar Helena aceitou. Pagou a conta, pedi pra Helena que ficássemos ali mais um pouco pra que saissemos sem no ha calça estar tão marcada. 

Partimos em direção a nossa casa. Entrando no carro Helena me diz que está com muito tesão, eu não podia deixar de perguntar se era por causa da ruiva e ela me responde o que eu ja imaginava. Sim.

Helena veio o caminho todo com aquela boca quente me chupando, aquilo me excitava ainda mais sabendo que me chupava pensando na ruiva. 

 Chegando em casa nao podia ser diferente. A porta do apartamento quase foi  derrubada por nós dois, com a vontade gigante de sentir aquele fogo. Helena foi tirando minha camiseta e eu a blusinha dela e chupando aqueles seios que adoro, ela me empurrou na cama com toda força que tem, tirou minha calça com rapidez e começou a chupar meu pau. Chupava incansável, da leve mordidas que eu adoro até pedi pra que mordesse mais forte, sentia meu pau pulsando dentro da sua boca. 

Helena sentiu com muita força no meu pau, aquela bucetinha molhada com o nunca havia sentido antes. Não demoramos para tocar no assunto da ruiva, eu lhe perguntei.

-Helena você ficou com tanto tesão assim naquela ruiva?

– Sim Pedro, imagina ela na cama aqui com a gente.

Eu não pude deixar de imaginar, comecei fantasiar aquilo perto do seu ouvido. Coloquei Helena de quatro e fui enfiando com força e disse pra ela que queria aquela ruiva sentada na frente dela pra que chupasse inteira. Ouvindo isso ela pediu pra que eu enfiasse com mais força, assim fiz.

Senti que Helena estava gozando, sentia meu pau deslizando mais facilmente. Senti a cama molhada, aquilo me deixou louco em saber que Helena havia gozado sentindo meu pau e pensando em outra garota. 

Foi mais uma noite maravilhosa que vivi intensamente com o grande amor da minha vida..

Não deixem de comentar sobre o post. Se preferir podem mandar o comentário como mensagem.
Ótimo final de semana.

Pedro.

Helena e seus belos seios

Bom dia amigos leitores.

Hoje o post será super curto, porém na noite de ontem Helena aceitou que eu postasse foto do seu tão falado, elogiado e desejado seio.

Não foi tão fácil quanto parece, desde o primeiro post peço isso pra ela e ela sempre irredutível. Até que ontem ela concordou.

Seio que pra mim é perfeito me deixa um tanto louco independente de onde estou. 

Quando sai sem sutiã a beleza de seu seio me deixa cheio de tesão em lugares que na verdade deveria estar comportadissimo hahaha.

Ótimo domingo pra vocês.

Em uma sacada (Leiam até o final)

Pessoal desculpa a falta de post, essa semana foi loucura no trabalho.

Helena e eu decidimos desestressar um pouco, resolvemos que a praia seria o lugar ideal. Ambiente praia é ótimo pra relaxar e sentir paz.

Descemos para o litoral Sul de São Paulo, Mais precisamente praia grande. Acho a orla uma das mais lindas que conheço.

Enfim, Helena saiu do trabalho por volta das 18 horas. Tomou um belo banho, passou o perfume que me deixa excitado  (La vie est belle) que maravilha esse perfume.

Pegamos a estrada. Helena dorme com facilidade quando se trata de viagens, entra no carro e apaga. Nesse dia foi totalmente diferente. Helena se manteve acordada a viagem toda, conversamos e eu me sentia o homem mais feliz do mundo por ter uma mulher tão bela ao meu lado.

A viagem foi perfeita, chegamos no apartamento onde passaríamos aqueles dias cheio de desejo e tesão, decidimos pegar uma pizza e enquanto esperávamos fiz uma caipirinha de morango. Não demorou a pizza chegou, ali na sacado do apartamento jantamos e tomamos aquela deliciosa caipirinha. 

Troquei de roupa, coloquei um shorts bem leve e fiquei sem camiseta, sabendo que assim poderia provocar Helena de maneira visual. Helena por sua vez não deixou somente que eu a provocasse, foi até o quarto e colocou um shortinho curtíssimo mostrando a polpinha do bumbum e uma blusinha de alcinha sem sutiã. Ela sabe que só de ver ela assim meu pau fica igual pedra. Aqueles seios lindos, como estava uma leve brisa os bicos dos seios estavam duríssimos e eu aprovando aquilo.

Apagamos todo o apartamento pois tinha um grupo de homens jogando truco no prédio ao lado e uma grupo de mulheres tirando várias selfies. Helena estava na sacada contemplando o mar, cheguei por trás dela e comecei a beijar seu pescoço levemente. Deixando que ela sentisse o que ela tinha provocado em mim. 

A sensação de estarmos na sacada a vista de todos me deu ainda mais prazer. Comecei acariciar a barriga de Helena enquanto meu pau latejava encostado nela. Ela saiu do meu abraço e foi pra dentro do apartamento, eu sem entender fiquei ali parado e sem reação. Não demorou pra que ela voltasse, pra mim surpresa ela voltou com um vestido de alcinha super curto que ela tem, novamente ela entrou no meu abraço na posição que estávamos inicialmente. 

Sem movimentos bruscos Helena mexia seu bumbum esfregando no meu pau. Ele que já está duro resolveu latejar e desejar ainda mais aquela bucetinha que já estava toda molhada. Desci minha mão ergui seu vestidinho e senti o calor daquela bucetinha, molhada e desejando o perigo.

Aquele tesão naquela sacada pouco iluminada, pessoas por perto, tirei meu shorts surpreendendo Helena que com sorriso safado me perguntou se estava louco, a resposta foi imediata. Tirei seu vestido e ali estava Helena toda nua naquela sacada. Pedi que erguesse levemente o bumbum e assim ela fez, com todo cuidado enfiei a cabeça do meu pau e comecei brincar com ela. 

Ela me perguntava a todo momento, será que não da pra ver a gente aqui e minha resposta era uma só, eles que vão  procurar uma mulher gostosa e fazer isso também.

Enfiei meu pau loucamente nela. Senti que o tesão de nós dois estavam a mil. Resolvi então não parar mais de movimentar enfiava e tirava rápido e com força. Notamos que as garotas que estavam na sacada pararam de tirar as selfies e revezavam olhares em nossa direção. Não demos nem bola.

Senti Helena gozando e aquilo me excitou ainda mais, avisei que iria gozar. Tirei meu pau daquela maravilha e sem conseguir segurar mais nem um segundo, Helena segurou forte meu pau enquanto eu gozava.

A sensação de liberdade e o exibicionismo que tivemos naquela noite com toda certeza foi especial. Acho que todo casal devia ser mais livre a se permitir novas histórias e lugares. Não tenha tanta restrição faça com sua parceira (o) aquilo que tem vontade. Não se prenda no que vão falar de vocês. Afinal o casal precisa inovar e não cair numa rotina cansativa.

Ótimo final de semana 

Pedro e Helena 

Aaah delícia

images (1)

Helena e eu sempre dormimos com os corpos bem juntos. Sentindo aquele momento de silêncio e pra variar aquele monte de tesão.

Mais em particularidade vou contar pra vocês o que nos aconteceu.

Eu como de costume gosto de dormir de shorts bem largo, deixando meu pau bem à vontade. Helena dorme de calcinha tipo calessom e blusinha, aquilo me deixa sempre louco. Aquela bundinha com aqueles bicos dos seios acesos uau. Vontade certeira de chupar ela.

Era por volta das 6:00 da manhã quando Helena se mexeu na cama e veio pra bem pertinho de mim. Jogou sua perna sobre a minha perna e colocou a mão sobre meu peito.

Porém ela começou a passar a mão sobre meu peito e barriga, eu estava sonolento. Ela desceu sua mão e notou que meu pau estava super duro, e como uso shorts largo, ele estava um tanto pra fora do shorts.

Nesse instante acordei, com um tesão que não me controlei. Olhei pra Helena com olhar de sono, mais ela percebeu imediatamente o que ela podia esperar.

Sem pensar Helena colocou a mão dentro do meu shorts e começou acariciar meu pau. Aquilo foi o melhor despertador que já me acordou. Levei minha mão sobre seus seios e também acariciei aquela perfeição.

Naquele instante ela virou de lado, eu lógico que fui atrás. Tirei a blusinha drla com certa dificuldade pois estávamos deitados. Olhando aqueles seios lindos meu pau pulsava fazendo com que ela sentisse ele latejando tocando em seu bumbum.

Ela com toda calma tirou meu shorts, meu pau estava todo molhado já querendo penetrar aquela bucetinha quente. Tirei sua calcinha e coloquei apenas a cabecinha do meu pau para que tocasse seu clitóris e comecei a deslizar pra cima e pra baixo daquela buceta perfeita.

Sentindo aquela buceta toda molhada decidi enfiar um pouco mais. Até que Helena soltou um gemido que foi impossível me controlar. Meu pau deslizou deliciosamente dentro dela. Senti que tinha entrado todo dentro dela. Ela agarrou o lençol e pediu pra que eu enfiasse com força, assim eu fiz.

Enfiava e tirava com movimentos contínuos e rápido. Senti Helena se contorcendo e sua bucetinha contraindo prendendo meu pau dentro dela. Que sensação maravilhosa, até que senti Helena gozando e é pedindo pra que eu gozasse dentro dela. Aaaah que delícia, gozei e ali ficamos brincando um tempo com meu pau dentro dela.

Infelizmente era hora de levantar para nos arrumar e trabalhar. Aquela mão pegando meu pau como despertador foi a melhor sensação que senti.

Um ótimo sábado leitores.

Não deixem de comentar o post.

 

Vista pra rua

imagesSabe aquela vontade de dar uma rapidinha em qualquer lugar ?

Pois é, era domingo e estavamos na casa de meus pais. Após o almoço Helena e eu deitamos na cama pra tirar aquele cochilo tradicional. Helena adora me provocar, independente do lugar.

Mais ali o momento era meu e dela. Quando Helena passou a mão no meu pau e sentiu que estava duro, me olhou com desejo e queria que eu a penetrasse. Eu disse que ali não é chamei para irmos até a sorveteria, sem questionar aceitou.

No caminho para a sorveteria disse a ela que o sorvete foi somente uma desculpa para tirar ela da cama, afinal meu pau estava latejando de vontade de sentir aquela bucetinha.

Helena é autônoma e tem um escritório no centro da cidade onde moramos. Ela me pedia pra contar onde iríamos mais queria deixar como surpresa. Quando me viu parando enfrente ao escritório me olhou um pouco assustada, porém via em seus olhos a vontade de sentir meu pau.

Abrimos o escritório, vou tentar descrever.

Fachada de vidro, a recepção fica a esquerda. Mais no fundo uma escada que sai em um mezanino, onde tem uma cozinha, um banheiro e um espaço vazio, nesse espaço vazio uma janela que dá vista pra rua de trás.

Assim que entramos não resistimos, saímos nos beijando feito loucos. Tirei a blusinha dela, e logo um sutiã rendado que eu adorava. Aqueles seios me excitavam ainda mais. Comecei a lamber os seios, e subia com leves beijos no pescoço. Helena pegou em meu pau com toda força eu sentia ele pulsar em sua mão.

Ela me encostou na parede, abaixou meu shorts e começou a chupar meu pau loucamente. Passava a língua na cabeça dele enquanto acariciava minhas bolas. Enfia na boca com tanta vontade e eu ali rendido naquilo que estava simplesmente perfeito.

Subimos a escada em direção ao mezanino, Helena semi nua e eu apenas de camiseta, tiramos toda a roupa e Helena debruçou sobre uma mesa oferecendo pra mim aquela bucetinha molhada e quente. Não tinha dúvida que eu ia colocar meu pau dentro dela bem devagar pra sentir ele deslizando sem pressa. Isso aconteceu.

Olhei bem aquela janela e como adoro uma aventura, levei Helena a janela levantei suas mãos. Aquilo a adrenalina foi demais, transamos olhando a rua, os carros passavam e nós acreditamos que ninguém nos flagrou.

Aquilo foi totalmente inesperado, as veias do meu pau pareciam que iam explodir, enquanto eu colocava e tirava daquela bucetinha. Ela gemia tão gostoso e me fazia ter ainda mais tesão.

Ela me pediu pra avisar quando fosse gozar, assim foi feito. Avisei Helena que ia gozar, ela de frente pra mim agachou e pediu pra que eu jogasse tudo nos seios. Que delícia.

Gozamos ali, dentro de seu escritório.

Enfim Helena chupou o “sorvete” dela. Ai sim conseguimos tirar o cochilo da tarde.

Pessoal espero que estejam gostando e se excitando ao ler as histórias que estou postando. Como disse, fico sempre aberto para qualquer sugestão que melhore o blog e façam vocês não deixar de ler.